Pintura meia parede: dicas para aderir à tendência

Quer dar uma incrementada na sua decoração gastando pouco? A tendência de pintura meia parede é uma forma simples de transformar um ambiente. Usando a criatividade, você pode fazer diferentes composições de cores, formas e texturas. Como resultado, a parede se torna uma das peças-chave da sua decoração.

Esse tipo de pintura pode ser usado em qualquer cômodo e é mais fácil de fazer por conta própria do que pode parecer. Além disso, costuma ser uma solução econômica. Afinal, é possível trazer cor a um ambiente já pintado e usar restos de tinta que já tiver em casa. Veja nossas dicas para arrasar na pintura de meia parede!

Como fazer pintura meia parede?

Pintura meia parede
(Reprodução – Pinterest)

Quarto, sala, banheiro, cozinha, hall: a pintura meia parede combina com qualquer espaço. Mas depois de escolher o cômodo que vai pintar, você ainda terá outras decisões a tomar. Confira nossas dicas e inspire-se nessas referências.

Escolha a combinação de cores

Uma das primeiras decisões para fazer uma pintura meia parede é sobre as cores que você vai usar. A opção mais conservadora é aproveitar uma parede branca e pintar parte dela com tinta de outra cor. Tem medo de errar? Aposte em tons neutros, como cinza.

Pintura meia parede
(Reprodução – Pinterest)

No entanto, você também pode ousar mais, mesclando diferentes tons que combinem entre si. Para escolher uma composição legal, a dica é usar como referência o círculo cromático. Nele, você visualiza quais tons são complementares (em posições opostas do círculo) ou análogos (juntos um do outro). Para te ajudar, confira nosso post sobre combinações de cores e aprenda a ler o círculo cromático.

Ao optar por uma versão colorida da parede meio-a-meio, considere também o resto da decoração do ambiente. Afinal, caso você já esteja usando muitas cores nos móveis e objetos decorativos, o resultado tende a ficar visualmente poluído. Por outro lado, esse é um ótimo recurso para quem acha que falta vida no ambiente.

Pense na posição das cores

Pintura meia parede
(Reprodução – Pinterest)

Outra questão a se considerar é qual das cores vai ficar na parte de baixo e qual vai em cima. Isso, claro, no caso de você optar por dividir a parede na horizontal, como é mais comum.

Se o intuito é dar uma sensação de amplitude ao ambiente, a dica é colocar a cor mais escura na parte inferior e a mais clara em cima. Assim, você causa a impressão de que o pé-direito é mais alto. Outra dica para tetos baixos é fazer a divisão de cores antes da metade da altura da parede. Esse truque gera uma ilusão de alongamento.

Por outro lado, se a ideia for provocar mais aconchego num espaço muito amplo, é interessante colocar a cor escura em cima.

Considere ousar nas linhas

Pintura meia parede
(Reprodução – Pinterest)

Vale lembrar, no entanto, que você não precisa fazer a divisão na horizontal. Apesar de menos comum, a pintura meia parede também pode ser usada na vertical.

E para quem busca um visual mais descontraído e moderno, também vale brincar com linhas diagonais e formas geométricas. Esses desenhos dão personalidade à casa e ficam ótimos em ambientes com decoração mais minimalista. Também são uma solução bem divertida para quartos infantis.

Use as linhas para compor o ambiente

Pintura meia parede
(Reprodução – Pinterest)

A meia parede pintada é um charme por si só, mas fica ainda melhor quando você usa essa divisão de cores para compor sua decoração. Em quartos, por exemplo, esse recurso pode servir como cabeceira, delimitando a área da cama.

Também é muito interessante usar a linha da pintura como referência para instalar prateleiras, quadros ou ganchos. Nossa dica é já planejar essa composição antes de pintar.

Brinque com texturas

Pintura meia parede
(Reprodução – Pinterest)

E quem disse que é preciso sempre usar tinta para gerar o efeito de meia parede? O resultado fica muito interessante com papel de parede, por exemplo. Também vale lançar mão de revestimentos em materiais diferentes, como cimento queimado, azulejos e madeira. O contraste de texturas torna o resultado ainda mais especial.

Tenha cuidado na aplicação

Você pode chamar um profissional para dar vida à sua pintura meia parede, mas também pode fazê-lo por conta própria. É importante, no entanto, tomar alguns cuidados para que o resultado fique legal.

Pintura meia parede
(Reprodução – Pinterest)

Antes de mais nada, lembre-se das providências comuns a qualquer tipo de pintura de paredes. Cubra o chão e os móveis para evitar manchas e use roupas confortáveis e que possam sujar. Também é recomendável escolher tintas que não tenham cheiro forte e sejam fáceis de lavar.

Quando for pintar, comece usando uma fita métrica para medir a altura da parede onde quer que as duas cores se encontrem. Faça várias marcações a lápis ao longo da parede e passe fita crepe para unir os pontos. Use a fita para proteger também áreas que não quiser pintar, como batentes, rodapés e portas.

Pintura meia parede
(Reprodução – Pinterest)

Se estiver usando duas cores, uma técnica interessante é pintar primeiro com a mais clara. Com o pincel ou rolo, passe um pouco do ponto que será o limite entre elas. Deixe a tinta secar e só então coloque a fita crepe na altura correta. Pinte, então, com a cor mais escura.

Depois de cada demão de tinta, deixe secar por pelo menos quatro horas. Se necessário, aplique outra demão por cima, de modo que a cor fique uniforme. Ah, e para evitar que saia alguma lasca de tinta junto com a fita, o ideal é removê-la quando a tinta ainda estiver molhada.

Ficou com alguma dúvida sobre a pintura meia parede? Compartilhe nos comentários!

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário